Após nova derrota, Dorival Jr. é demitido do Atlético-MG

A derrota por 2 a 1 para o Figueirense, neste sábado, em Ipatinga (MG), foi demais para a diretoria do Atlético Mineiro. Na tarde deste domingo, o técnico Dorival Júnior foi demitido do cargo por causa da má campanha da equipe no Campeonato Brasileiro. Com 15 pontos em 15 rodadas, o time está muito perto da zona de rebaixamento.

AE, Agência Estado

07 de agosto de 2011 | 17h13

"Em reunião realizada na tarde deste domingo entre o presidente Alexandre Kalil, o diretor de futebol Eduardo Maluf e o técnico Dorival Júnior, a diretoria definiu a saída do treinador. O acerto entre as partes já foi feito. A partir de agora, a diretoria do Galo busca um novo treinador", explicou a nota divulgada no site do Atlético.

Depois de ter sucesso no Vasco em 2009, quando levou a equipe de volta à Série A do Brasileiro, e no Santos em 2010, com os títulos do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil. Em agosto, após uma "briga" com Neymar, Dorival Júnior foi demitido do clube santista e um mês depois assumiu o cargo no Atlético Mineiro, onde conseguiu salvá-lo do rebaixamento à Série B.

Neste ano, o técnico perdeu a final do Campeonato Mineiro para o rival Cruzeiro e caiu ainda no início da Copa do Brasil para o Prudente, atual Barueri. Neste Brasileirão, a campanha da equipe é pífia com quatro vitórias, três empates e oito derrotas.

Um dos nomes cotados para assumir o Atlético é o de Cuca, que recentemente deixou o Cruzeiro. Enquanto isso, Dorival Júnior tem seu nome especulado para assumir o Internacional.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-MGDorival Júnior

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.