Após nova derrota, Guarani demite técnico Vilson Tadei

No final da noite desta terça-feira, a diretoria do Guarani tornou oficial o que todos esperavam: a demissão do técnico Vilson Tadei. Ele foi vítima dos maus resultados no Campeonato Brasileiro da Série B, impulsionada pela nova derrota em casa, desta vez para o Vila Nova, por 1 a 0, pela oitava rodada.

AE, Agência Estado

29 de junho de 2011 | 00h20

Vilson Tadei vinha enfrentando problemas fora de casa, como o atraso de salários. Até pouco tempo atrás ele defendia 17 jogos invictos, mas nos últimos quatro acumulou um empate e três derrotas. No total, foram 22 jogos com oito vitórias, 10 empates e quatro derrotas. Ele teve como grande mérito subir o time para a elite do Campeonato Paulista, em 2012.

A diretoria do Guarani ainda não tem definido um substituto, mas promete escolher com calma nos próximos dias. Aparecem como opções Vadão, Estevam Soares, Vágner Benazzi e Luis Carlos Martins.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGuaraniVilson Tadeidemissão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.