Após nova derrota, Lopes diz que não pedirá demissão

Vasco foi goleado pelo Santos nesse domingo e agora, ocupa a 16.ª posição no Campeonato, com 16 pontos

AE, Agencia Estado

28 de julho de 2008 | 09h43

O técnico Antônio Lopes disse que não pedirá demissão, após mais uma derrota do Vasco no Campeonato Brasileiro. O treinador afirmou que continua motivado para trabalhar, mesmo depois de perder por 5 a 2 para o Santos - que entrou na Vila Belmiro como lanterna da competição.Questionado sobre um possível pedido para sair, o comandante vascaíno descartou a possibilidade. "Eu estou motivado para o trabalho, sem dúvida nenhuma. Lógico que depois de uma derrota dessas eu não iria estar aqui feliz. Mas estou motivado para seguir e vamos continuar trabalhando", afirmou.A diretoria do clube deve reunir-se com o técnico nesta segunda, a fim de conversar sobre a situação da equipe no Brasileiro. O Vasco tem 16 pontos, ocupa a 16.ª posição e terá pela frente na próxima rodada o Atlético-MG, na quinta-feira, em São Januário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.