Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

Após nova derrota, Muricy diz estar com vergonha do São Paulo

Time joga mal em Ribeirão Preto e perde para o Botafogo por 2 a 0

O Estado de S. Paulo

05 de abril de 2015 | 18h38

O técnico Muricy Ramalho contou neste domingo que se sente envergonhado pela derrota do São Paulo por 2 a 0 para o Botafogo, em Ribeirão Preto, pelo Campeonato Paulista. Novamente o time mostrou uma postura apática e foi dominado durante o segundo tempo em resultado que selou o segundo revés seguido da equipe.

"Até fizemos uma boa partida no primeiro tempo, mas é até difícil falar nesse momento. Mas a gente se sente envergonhado", admitiu Muricy. Pela primeira vez neste Estadual o São Paulo perdeu para um rival do interior. Já classificada, a equipe do Morumbi escalou a força máxima em Ribeirão Preto, mas pouco ameaçou o time a casa.

Muricy tinha poucas opções ofensivas para montar o time, já que Michel Bastos, Luis Fabiano e Alan Kardec estão lesionados. A saída foi escalar como titular o garoto Ewandro e apostar no também jovem Boschilia para o segundo tempo. "Estamos com dificuldades no ataque. Colocamos os moleques para correr, mas quando se aproveita, somos punidos", comentou.


O São Paulo até chegou a criar boas oportunidades de gol no primeiro tempo. As chances desperdiçadas custaram caro na etapa final, quando o Botafogo marcou dois gols e ainda acertou uma bola na trave no fim. "Nosso time quando leva um gol perde a cabeça e fica sem confiança", criticou.

Na quarta-feira a equipe enfrenta no Morumbi a Portuguesa, pelo encerramento da primeira fase do Campeonato Paulista. Pela próxima fase o São Paulo vai receber o Red Bull pelas quartas de final da competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.