Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Após nova derrota, Renato garante classificação do Grêmio: 'Estou bancando'

Equipe está em penúltimo lugar, na zona de rebaixamento; titulares estrearam em 2018 neste sábado

Estadão Conteúdo

04 de fevereiro de 2018 | 11h14

Renato Gaúcho deu mais uma prova de sua autoconfiança na noite do último sábado. Mesmo com a inesperada derrota em casa para o Cruzeiro, por 1 a 0, o técnico garantiu que o Grêmio estará nas quartas de final do Campeonato Gaúcho. Atualmente, porém, o time tricolor é o penúltimo da tabela e pode terminar a rodada na lanterna.

+ Fora dos planos do São Paulo, Maicosuel fica perto de acerto com o Grêmio

+ Arthur volta a correr no gramado e dá sinais de recuperação no Grêmio

"Quem está na frente que aproveite, porque tem sete vagas apenas. Uma é do Grêmio. Eu estou bancando. Criamos as melhores oportunidades no primeiro tempo, mas eu já havia falado que a equipe ia sentir a falta de ritmo de jogo. Tendo de correr atrás do prejuízo, as coisas dificultaram ainda mais", declarou.

Não adiantou a estreia dos titulares do Grêmio. Depois de quatro rodadas atuando com o elenco de transição, com três derrotas e apenas um empate, o time principal finalmente voltou à ação justamente no sábado, mas de nada adiantou. Renato, porém, evitou criticar seus jogadores.

"Vimos algumas coisas boas, algumas coisas ruins. Mas esse é um papo meu com o grupo, ali no vestiário. Foi um bom primeiro tempo, criamos as melhores oportunidades. Era normal a equipe sentir, ritmo de jogo é importante. Lógico que o resultado não foi bom, mas já tive uma conversa com o grupo", disse.

O goleiro Marcelo Grohe, por sua vez, foi bem mais enfático ao criticar o momento gremista. "A gente precisava muito da vitória, estamos numa situação difícil. Chega a ser vergonhoso, cinco jogos e nenhuma vitória. Contávamos muito com os três pontos hoje. Temos de melhorar para subir o quanto antes e sair desta situação."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmioRenato Gaúcho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.