Após nova vitória, Marcos admite que ainda sente dores

O goleiro Marcos admitiu, após a vitória do Palmeiras sobre a Portuguesa, por 2 a 0, neste domingo, no Canindé, que ainda sente dores e não sabe se aguenta uma grande sequência de partidas pela equipe. "Eu estou 100%, isso dá para perceber. Sinto um pouco de dor e não sei se dá para aguentar jogos no meio de semana e finais de semana seguidos. Mas, a torcida pode ficar tranquila porque temos o Deola e o Bruno, que são ótimos goleiros", minimizou o ídolo palmeirense.

AE, Agência Estado

30 de janeiro de 2011 | 20h27

Marcos voltou a jogar pelo Palmeiras na última quinta-feira, após quase cinco meses parado por causa de uma lesão no joelho, sofrida em partida contra o Cruzeiro, pelo Campeonato Brasileiro.

O goleiro também destacou a confiança do Palmeiras após a equipe chegar neste domingo à quarta vitória consecutiva, o que não ocorria desde julho de 2009, e assumir a vice-liderança do Paulistão. "As vitórias nos dão confiança e a gente entra em campo sem medo de errar. Além da confiança, o Palmeiras está com vontade."

O Palmeiras está com 13 pontos, mesma pontuação do líder Santos, que neste domingo venceu, por 2 a 0, o clássico contra o São Paulo. O Santos, no entanto, tem saldo de gols melhor. A equipe alviverde volta a campo na próxima quarta-feira, às 22 horas, contra o Mirassol, fora de casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.