Após o tetra, treinador deixa o Lyon

Mesmo depois de levar o Lyon ao inédito tetracampeonato francês, o técnico Paul Le Guen anunciou nesta segunda-feira a sua saída do clube. Apesar do pedido do presidente Jean-Michel Aulas e dos jogadores do elenco para que ficasse no cargo, ele revelou que planeja comandar uma equipe estrangeira.Clube dos brasileiros Cláudio Caçapa, Juninho Pernambucano, Cris e Nilmar, o Lyon conquistou o tetracampeonato após a vitória sobre o Ajaccio por 2 a 1, no domingo. Dos quatro títulos seguidos, Le Guen participou dos últimos três - o primeiro foi sob o comando de Jacques Santini.?Me sinto orgulhoso pelos triunfos conseguidos. Quero agradecer ao clube, aos meus assistentes e aos jogadores pelos três anos maravilhosos?, disse Le Guen, que tem 41 anos e estava desde 2002 no Lyon.Claude Puel, do Lille, e Lazlo Boloni, do Rennes, são os candidatos para ocupar o cargo de Le Guen no Lyon.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.