Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Após passar por 'situação chata', Osvaldo quer brilhar no São Paulo

Na semana passada, jogador foi colocado como moeda de troca para clube contratar Wagner

Fernando Faro, Agência Estado

25 de fevereiro de 2014 | 18h17

SÃO PAULO - Foi por muito pouco que o atacante Osvaldo não foi envolvido numa troca com o Fluminense para o São Paulo contratar o meia Wagner. Os clubes negociavam abertamente o acordo sem avisar os jogadores, que ficaram visivelmente incomodados com o fato de não terem sido comunicados.

Osvaldo manifestou sua contrariedade com a situação, mas agora quer esquecer o fato e pensar apenas no São Paulo. Motivação não falta, já que ele voltou à equipe titular contra o Santos e será mantido para a partida contra o XV de Piracicaba nesta quarta-feira, no Estádio Barão de Serra Negra.

"Foi uma situação chata para mim, todo mundo falava que eu ia para o Fluminense e eu não sabia de nada. O Gustavo (Vieira de Oliveira, gerente executivo do clube) me explicou a situação, disse que confiava em mim e que o Muricy também conta comigo. Tive algumas situações para ir embora, mas sempre deixei claro que queria ficar. Eles confiam muito no meu futebol", afirmou o atacante.

Osvaldo chegou ao São Paulo em 2012 e demorou para se acertar na equipe. Sem espaço com Emerson Leão, só passou a brilhar com a chegada de Ney Franco, em julho do mesmo ano, e foi um dos destaques da conquista da Copa Sul-Americana. Em 2013, ele foi até para a seleção brasileira, mas caiu bruscamente de rendimento e enfrentou um jejum de 11 meses sem fazer gols, quebrado apenas agora em janeiro contra o Mogi Mirim.

Agora, Osvaldo quer reencontrar seu melhor jogo e voltar a ser um dos destaques da equipe. "Nunca baixei a cabeça mesmo no bando. Deixei claro que ia brigar pelo meu espaço. A situação do Fluminense é passado, sempre deixei claro que queria continuar aqui e agora quero pensar apenas no São Paulo e fazer grandes jogos para encontrar meu espaço", avisou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCOsvaldo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.