Ricardo Duarte/Internacional
Ricardo Duarte/Internacional

Após perder embalo, Inter recebe Vitória com esperança de reassumir a ponta

Equipe de Odair Hellmann torce por tropeço de Palmeiras e São Paulo para reassumir liderança

Estadão Conteúdo

30 de setembro de 2018 | 08h06

Sem vencer no Brasileirão desde o dia 9 de setembro, quando bateu o Grêmio por 1 a 0 no clássico e então reassumiu a liderança da competição, o Internacional volta a campo neste domingo para enfrentar o Vitória, às 16 horas, no Beira-Rio, com a esperança de voltar a figurar no topo da tabela.

Com 50 pontos, o time colorado também torcerá por tropeços de Palmeiras, que possui a mesma pontuação, e do São Paulo, hoje com 51 pontos. Os dois clubes paulistas jogam neste domingo em outras partidas desta 27ª rodada, mas de nada adiantará resultados ruins destes rivais diretos na luta pelo título se a própria equipe gaúcha não fizer a sua parte contra o Vitória.

A equipe baiana segue na sua briga para se distanciar da zona de rebaixamento, mas o Inter não se ilude com o seu favoritismo e aposta em uma partida difícil na sua casa. "O Vitória vai nos causar um jogo complicado", disse o técnico Odair Hellmann em entrevista coletiva na última sexta-feira.

O discurso cauteloso do treinador não é por acaso, pois a sua equipe perdeu o embalo nas duas últimas rodadas. Primeiro foi surpreendida pela Chapecoense em Santa Catarina, no dia 17, onde acabou sendo derrotada de virada por 2 a 1. Em seguida, em São Paulo, o time voltou a abrir o placar, mas acabou levando o empate do Corinthians na partida que terminou empatada por 1 a 1, no domingo passado.

Para o duelo deste domingo, Odair Hellmann não poderá contar com o meio-campista Patrick, suspenso. O argentino D'Alessandro é o favorito a ficar com a vaga no time, mas o treinador fechou o treino da última sexta-feira e preferiu não garantir a escalação do ídolo colorado. Rossi também aparece como candidato a substituir Patrick.

Outra possível novidade seria a entrada de Fabiano, em boa fase, na lateral direita no lugar de Zeca, que poderia ser improvisado no meio-campo para ocupar a vaga de Patrick. O certo é que o Inter terá o retorno do zagueiro Víctor Cuesta, que cumpriu suspensão na rodada passada do Brasileirão. Ele fará dupla com Emerson Santos, pois o titular Rodrigo Moledo segue em recuperação de uma lesão muscular na coxa esquerda.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.