Após perder Fabregas, Wenger pede reforços no Arsenal

O técnico Arsène Wenger lamentou nesta segunda-feira a saída do meia Cesc Fabregas para o Barcelona e pediu reforços para a diretoria do Arsenal. O time inglês apenas empatou na rodada de abertura do campeonato nacional no fim de semana e fará nesta terça sua estreia na fase preliminar da Liga dos Campeões.

AE, Agência Estado

15 de agosto de 2011 | 11h21

"Não sou contra gastar dinheiro, desde que os jogadores contratados melhorem a qualidade do nosso elenco. Temos um bom grupo, mas se perdemos jogadores, temos que trazer outros", pediu o treinador. "Estamos pedindo jogadores de alto nível e não estamos com medo de gastar dinheiro", avisou.

Durante a pré-temporada, o Arsenal fez apenas duas contratações, consideradas modestas. O primeiro a chegar foi o atacante marfinense Gervinho, um dos destaques do Lille, campeão francês na temporada passada. O outro reforço é o jovem meia Alex Chamberlain, de apenas 17 anos. Ele defendia o Southampton, da Terceira Divisão. "Precisamos trazer ainda mais um ou dois jogadores", disse Wenger.

Enquanto investe pouco em contratações, o Arsenal sofre para manter o seu elenco. Depois de perder Fabregas, o clube poderá negociar o meia Samir Nasri com o Manchester City. Preocupado, o treinador tem pedido união ao elenco neste difícil início de temporada.

"Perdemos um jogador de primeiro nível [Fabregas], mas muitos grandes jogadores já deixaram o nosso elenco e o clube seguiu em frente", ponderou. "Temos que mostrar a nossa força, a união para lutar sempre", declarou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolArsenalWengerFabregas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.