Peter Powell / EFE
Peter Powell / EFE

Após perder pênalti, Aspas se diz 'orgulhoso' por Copa com a Espanha

Além do atacante, Koke também teve cobrança defendida pelo goleiro russo Akinfeev

Estadão Conteúdo

02 de julho de 2018 | 10h34

O atacante Iago Aspas se transformou em um dos "vilões" da eliminação da Espanha na Copa do Mundo. Afinal, ele foi um dos jogadores que desperdiçaram a cobrança na disputa de pênaltis diante da Rússia, no último domingo, que selou a queda do país nas oitavas de final.

+ 'Espero que não seja o final de uma geração', diz Sergio Ramos

+ Desolado, Hierro lamenta eliminação: 'Tínhamos ilusão de irmos muito mais longe'

+ Iniesta confirma adeus à seleção e evita criticar Hierro por abrir jogo no banco

Apesar do erro e da queda, Aspas se disse "orgulhoso" por vestir a camisa espanhola no Mundial. "Na vida e no futebol, algumas vezes se ganha e em outras se perde. Mas estou orgulhoso de ter defendido este país e um grande grupo humano", escreveu o atacante em sua página no Instagram.

No domingo, a Espanha abriu o placar logo no início com gol contra de Ignashevich, mas sofreu o empate pouco depois, com o gol de Dzyuba, de pênalti. Aspas entrou já na reta final do segundo tempo, teve boa participação, mas perdeu uma das penalidades, assim como Koke.

 

A queda nas oitavas de final marcou uma nova decepção espanhola em Mundiais. Afinal, a campeã de 2010, na África do Sul, já havia caído na primeira fase da última Copa, em 2014, no Brasil.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.