Peter Powell  / EFE
Peter Powell / EFE

Após perder pênalti, Aspas se diz 'orgulhoso' por Copa com a Espanha

Além do atacante, Koke também teve cobrança defendida pelo goleiro russo Akinfeev

Estadão Conteúdo

02 Julho 2018 | 10h34

O atacante Iago Aspas se transformou em um dos "vilões" da eliminação da Espanha na Copa do Mundo. Afinal, ele foi um dos jogadores que desperdiçaram a cobrança na disputa de pênaltis diante da Rússia, no último domingo, que selou a queda do país nas oitavas de final.

+ 'Espero que não seja o final de uma geração', diz Sergio Ramos

+ Desolado, Hierro lamenta eliminação: 'Tínhamos ilusão de irmos muito mais longe'

+ Iniesta confirma adeus à seleção e evita criticar Hierro por abrir jogo no banco

Apesar do erro e da queda, Aspas se disse "orgulhoso" por vestir a camisa espanhola no Mundial. "Na vida e no futebol, algumas vezes se ganha e em outras se perde. Mas estou orgulhoso de ter defendido este país e um grande grupo humano", escreveu o atacante em sua página no Instagram.

No domingo, a Espanha abriu o placar logo no início com gol contra de Ignashevich, mas sofreu o empate pouco depois, com o gol de Dzyuba, de pênalti. Aspas entrou já na reta final do segundo tempo, teve boa participação, mas perdeu uma das penalidades, assim como Koke.

 

A queda nas oitavas de final marcou uma nova decepção espanhola em Mundiais. Afinal, a campeã de 2010, na África do Sul, já havia caído na primeira fase da última Copa, em 2014, no Brasil.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.