Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

Após piada homofóbica no Twitter, Corinthians promete fazer curso de reciclagem para funcionários

Clube diz tomado as medidas cabíveis contra os responsáveis pelo incidente e garante que vai tomar mais cuidado com o conteúdo

Redação, O Estado de S.Paulo

16 de dezembro de 2020 | 11h33

O Corinthians anunciou nesta quarta-feira que vai tomar uma série de medidas para evitar o mesmo incidente registrado nas redes sociais na última terça-feira. Após o perfil oficial do clube no Twitter fazer uma piada homofóbica sobre o São Paulo, a diretoria disse em nota oficial que tomou "medidas cabíveis" com relação aos responsáveis pela postagem e vai promover cursos de reciclagem para o departamento de comunicação com conteúdo sobre causas sociais.

A polêmica teve início na tarde de terça. Ao responder a um seguidor no Twitter sobre a invencibilidade no clássico contra o São Paulo na Neo Química Arena, o Corinthians publicou uma foto de panetone para falar sobre o Morumbi. A relação entre Morumbi e panetone na provocação homofóbica é que o estádio do São Paulo "é cheio de frutinhas", assim como a tradicional iguaria natalina.

A mensagem foi apagada logo depois, mas o perfil oficial do São Paulo rebateu o conteúdo ao relembrar de outra postagem feita pelo Corinthians em agosto do ano passado. Nela, o clube alvinegro fazia uma campanha contra gritos homofóbicos em estádios. O São Paulo recuperou essa publicação e questionou se essa postura não deveria ser aplicada no dia a dia.

Após esse incidente, o Corinthians contou que tomou algumas atitudes contra o responsável pela mensagem e o seu gestor imediato. Para evitar novos problemas, o time alvinegro prometeu realizar cursos para toda a equipe de comunicação. "O clube instalará imediata e permanentemente uma reciclagem de todos os profissionais da área, com conversas e palestras a respeito de boas práticas de Comunicação e Responsabilidade Social, envolvendo entidades e pensadores de causas pertinentes à missão do Corinthians", disse em nota.  

O clube se comprometeu a divulgar à torcida todas as etapas desses cursos de atualização e por enquanto suspendeu as atividades o quadro "Fala, Fiel", que promove interações em tempo real com os torcedores no Twitter. A atividade só será reatividade depois da realização dos cursos voltados à equié do departamento de comunicação.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthianshomofobia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.