Gabriel Bouys / AFP
Gabriel Bouys / AFP

Após polêmica, Courtois deixa seleção belga e volta para pré-temporada do Real

Dispensa acontece apenas especulação de que o goleiro havia testado positivo para covid-19

Redação, Estadão Conteúdo

04 de setembro de 2020 | 10h57

O goleiro Thibaut Courtois, titular da Bélgica, deixou nesta sexta-feira a concentração de sua seleção, em Bruxelas, pouco antes da estreia na Liga das Nações da Uefa, diante da Dinamarca. A informação foi publicada pela própria Real Associação Belga de Futebol (URBSFA, na sigla em francês) em suas redes sociais, que não detalhou os motivos da dispensa.

"ATUALIZAÇÃO: @thibautcourtois está dispensado de suas obrigações com a seleção. Ele vai retornar ao seu clube, o Real Madrid", informou a entidade belga em sua conta oficial no Twitter.

A dispensa de Courtois da seleção acontece logo após a polêmica sobre o resultado de um teste RT-PCR feito para a detecção da covid-19. Na última quarta-feira foi especulada a informação que o goleiro deu positivo para o exame, mas a federação belga negou no dia seguinte. Agora ele retorna ao Real Madrid, que faz a sua pré-temporada na Espanha.

A delegação da seleção da Bélgica embarcou nesta sexta-feira para Copenhague, onde encara neste sábado a Dinamarca pela estreia no Grupo 2 da Série A da Liga das Nações. Sem Courtois, o titular belga para a partida deve ser Mignolet - Casteels também tem chances de atuar.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.