Alex Silva/ Estadão
Alex Silva/ Estadão

Após polêmica, Dorival diz que Cueva e Lucas podem jogar juntos

Peruano ficou fora do empate com a Ponte Preta, mas poderá voltar a ser titular

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

10 de setembro de 2017 | 07h00

O técnico Dorival Junior deve recolocar o meia Cueva entre os titulares nos próximos jogos. O peruano ficou fora do empate do São Paulo com a Ponte Preta por 2 a 2 neste sábado, no Morumbi, e foi substituído por Lucas Fernandes. Para Dorival, os dois podem atuar juntos.

"Podem jogar os dois juntos. Não vamos abrir mão de um jogador como Cueva. Poucas equipes têm um jogador como ele. Pode ser decisivo para o São Paulo. Não vou abrir mão do Cueva, e o Lucas vai ganhando seu espaço. Uma pena ele ter sentido e pedido para sair. Ele vai crescer e é um garoto que promete muito", afirmou o treinador em entrevista coletiva.

Antes de recolocar Cueva entre os titulares, o treinador terá de resolver um problema de relacionamento. Logo após o empate, o meia Cueva se negou a atender os jornalistas com uma afirmação: "Perguntem para o Rodrigo Caio". A afirmação do peruano fazia referência à entrevista coletiva do zagueiro, concedida no dia 7 de setembro, na qual afirmava que Cueva precisava se ajudar.

O técnico Dorival Junior negou problemas de relacionamento entre os jogadores. "Grupo rachado não existe. Viu um grupo querendo resultado. A partir do pênalti e da expulsão, o jogo mudou completamente. Vi uma equipe tendo todas as iniciativas. Esse problema, se aconteceu, será tratado internamente", disse o treinador.  "Já temos problemas demais. Vou conversar com o Cueva, vou conversar com o Rodrigo Caio e chegaremos a um acordo com certeza", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.