Após polêmica, Suárez volta a treinar no Liverpool

O desentendimento público entre Luis Suárez e o técnico Brendan Rodgers parece ter sido resolvido no Liverpool. Nesta sexta-feira, o atacante uruguaio treinou normalmente no clube inglês, em um sinal de que o impasse provocado pela sua declaração pública de que gostaria de deixar o time pode estar encerrado.

AE, Agência Estado

16 de agosto de 2013 | 11h33

Rodgers disse na semana passada que Suárez teria de pedir desculpas a seus companheiros de equipe para que pudesse voltar a treinar, além de reclamar sobre as atitudes do jogador e a sua performance e comportamento durante a pré-temporada.

Fotos publicadas nesta sexta na imprensa britânica mostraram Suárez participando do aquecimento ao lado dos jogadores do time, rindo e brincando com os companheiros no centro de treinamentos do Liverpool. O clube, porém, não disse se o uruguaio fez um pedido de desculpas.

Um dos nomes mais comentados dessa janela para transferências do futebol europeu, Suárez deu mostras de que vai mesmo permanecer no Liverpool ao declarar, durante esta semana, que ficará na equipe pelo "carinho da torcida".

Independentemente da resolução do impasse, Suárez não poderá participar da estreia do Liverpool no Campeonato Inglês, neste sábado, diante do Stoke City, em casa, porque ainda tem seis jogos de suspensão para cumprir no começo desta temporada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLiverpoolSuárez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.