Alex Silva / Estadão
Alex Silva / Estadão

Após prejuízo de R$ 30 mil na Vila, Santos leva duelo com Vitória para o Pacaembu

Público na partida contra o Atlético-PR foi o pior do time alvinegro em 2017

Estadão Conteúdo

27 de setembro de 2017 | 11h13

Apenas alguns dias após registrar o seu menor público no Campeonato Brasileiro, o Santos decidiu tirar o seu próximo jogo como mandante na Vila Belmiro. A CBF anunciou que o clube optou por levar o duelo com o Vitória, pela 28ª rodada e agendado para 16 de outubro, para o estádio do Pacaembu.

Ainda de ressaca pela eliminação nas quartas de final da Copa Libertadores para o Barcelona de Guayaquil, o Santos voltou a campo no último sábado para encarar o Atlético Paranaense. O time venceu o compromisso por 1 a 0, mas a partida registrou o seu pior público como mandante neste Brasileirão, com apenas 4.257 pagantes.

A baixa presença da torcida acabou provocando prejuízo de R$ 29.189,08 ao Santos, de acordo com o borderô publicado pela CBF no seu site oficial. E a situação pode ter pesado para a decisão da diretoria de mudar o palco do próximo jogo como mandante no Brasileirão - antes, o time fará partidas como visitante contra o Palmeiras e a Ponte Preta.

Afinal, o Santos já entrou em campo oito vezes no Pacaembu nesta temporada, sendo sete delas em competições oficiais, com média de público de mais de 22 mil pagantes por compromisso. Os números são bem superiores, portanto, aos da Vila Belmiro, onde o Santos tem média de cerca de 8.600 pessoas em 20 partidas disputadas no seu estádio.

Além disso, os bons resultados esportivos levam a diretoria a levar mais jogos do Santos ao Pacaembu, onde o time está invicto há 23 jogos. Agora, então, em 16 de outubro, o time tentará ampliar o retrospecto positivo e atrair mais público no duelo com o Vitória.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.