Nelson Perez/ Divulgação
Nelson Perez/ Divulgação

Após primeira derrota, Fred pede tranquilidade ao Fluminense

'É ruim perder, mas poderia ser pior perder o clássico', diz atacante; no próximo domingo, Flu enfrenta o Vasco no Engenhão 

Estadão Conteúdo

19 de fevereiro de 2015 | 19h13

A derrota para o Volta Redonda foi sentida pelo Fluminense, mas o capitão Fred quer que o time tire lições do primeiro revés no Campeonato Carioca. Às vésperas do primeiro clássico na competição - domingo, com o Vasco -, o atacante concedeu entrevista coletiva nas Laranjeiras e disse que a preocupação agora é para que a equipe mantenha a tranquilidade.

"É ruim perder, mas poderia ser pior perder o clássico", destacou o centroavante. "Temos que fazer mais porque uma vitória no clássico tem um peso muito maior, mas não tem momento bom para perder."

Segundo o atacante, jogadores e comissão técnica já debateram sobre o que deu errado na derrota por 2 a 1 diante do Volta Redonda, na quarta-feira. "Foi conversa de manter a tranquilidade, mas não se acomodar com ela, e de rever os erros para aprendermos", comentou.

"Mais importante agora é cuidar do emocional da equipe inteira. Vínhamos de vitórias, e perder a liderança e invencibilidade é muito ruim. Foi um papo para continuarmos com a cabeça boa porque domingo tem clássico."

A partida diante do Vasco será realizada no Engenhão. Marcado inicialmente para o Maracanã, o jogo foi transferido de local pela Federação de Futebol do Rio (Ferj) após um desentendimento entre as diretorias de Fluminense e Vasco sobre quais setores as torcidas dos dois times ocupariam. Apesar disso, Fred considera que as desavenças extracampo não deverão influenciar a partida.

"As polêmicas extracampo não afetam tanto. O que mais marca o jogador são os jogos disputados. Para nós não influencia muito, mas é sempre ruim não jogar em casa. No Maracanã nos sentimos em casa", pontuou. "Mas no Engenhão conseguimos dois Brasileiros e um Carioca."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.