Rafael Ribeiro/Vasco.com.br
Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

Após primeira vitória pelo Vasco, Castán admite: 'Ainda estou um pouco nervoso'

Zagueiro alcançou seu primeiro triunfo pelo cruzmaltino diante do Bahia, pelo Brasileirão

Estadão Conteúdo

26 de setembro de 2018 | 19h30

Dias depois de se dizer "p..." por ainda não ter vencido com a camisa do Vasco, o zagueiro Leandro Castán voltou a dar entrevista coletiva nesta quarta-feira. Mais aliviado pelo triunfo sobre o Bahia, o jogador, porém, explicou que ainda não está satisfeito com a situação da equipe.

"Não estou muito mais tranquilo. Queria a vitória, mas ainda estou um pouco nervoso. Não vou repetir aquilo (que falei). Mas estamos levando gol e acho que temos de passar segurança aos atacantes, sem levar gol", declarou.

Contratado em agosto pelo Vasco, Castán chegou com a missão de acertar uma das piores defesas do campeonato. Com 37 gols sofridos, o time só não tem marca pior do que Vitória, Chapecoense e Sport. Na segunda-feira, voltou a ser vazado pelo Bahia, que tinha um jogador a menos no momento, mas arrancou um importante triunfo por 2 a 1.

"Tínhamos treinado bem pra caramba durante a semana e estávamos muito confiantes. Mas aí, fomos para o jogo e não jogamos bem. O importante, porém, foi o resultado. Foi importante pelos três pontos", considerou o zagueiro.

A vitória na segunda fez o Vasco deixar a zona de rebaixamento. Nesta quinta, a equipe encara o Santos no Pacaembu, em jogo atrasado da terceira rodada, e um novo resultado positivo é fundamental para se distanciar ainda mais da briga contra a degola.

"Eu sei que vai ser um jogo difícil, até porque o Santos possui uma equipe jovem, rápida e de muita qualidade, mas temos potencial para fazer uma grande partida e trazer um resultado positivo para o Rio de Janeiro. Eu confio nos meus companheiros. Vamos chegar nessa partida fora da zona de rebaixamento e após uma vitória que tanto queríamos. Estamos viajando para lá confiantes", afirmou Castán.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.