Guillermo Granja/Reuters
Guillermo Granja/Reuters

Após quase perder por W.O., Atlético Tucumán se classifica com uniformes emprestados

Clube argentino bateu o El Nacional por 1 a 0 e avança para terceira fase da Libertadores

O Estado de S.Paulo

08 Fevereiro 2017 | 04h50

GUAYAQUIL, EQUADOR - O time argentino Atlético Tucumán viveu nesta terça-feira, 7, uma odisseia para chegar a Quito, esteve a ponto de perder sem jogar por um considerável atraso, porém, com admirável entrega de seus jogadores, ganhou por 1 a 0 do equatoriano El Nacional e segue vivo na Copa Libertadores.

A partida de ida havia deixado em vantagem a formação equatoriano e a de volta trazia um temor adicional aos argentinos: ganhar nos 2.850 metros de altitude de Quito.

Porém, o que não se esperava é que a equipe visitante tardaria para chegar ao estádio de Atahualpa por mais de uma hora e meia, o que ameaçou uma eliminação automática por causa do regulamento da Conmebol.

El Nacional queria se apegar ao regulamento, que dava 45 minutos de margem de espera em caso de força maior como a de hoje, que se originou em um atraso de três horas do time de Tucumán para sair do aeroporto da cidade de Guayaquil, base que escolheu para minimizar os rigores da altitude.

Mas a partida foi jogada "sob protesto" do conjunto equatoriano. E o atacante Fernando Zampedri operou o milagre ao Tucumán, que fez um gol de cabeçada aos 18 minutos do segundo tempo.

Confusão. A partida, que deveria ter começado às 19h15 de terça (hora local, 22h15 de Brasília), teve início às 20h42 (23h42 de Brasília).

A confusão com o voo fez com que a equipe do Tucumán chegasse sem uniformes e chuteiras. A equipe pediu então equipamento emprestado à seleção sub-20 da Argentina, que disputa em Quito o campeonato sul-americano da categoria.

Sobre os motivos do atraso, a equipe técnica do Atlético Tucumán responsabilizou a empresa aérea que os transportou. O time do técnico Pablo Lavallén não pode se aquecer e entrou em campo diretamente para cumprir o compromisso. Surpreendentemente, o time argentino controlou a maior parte do jogo.

O Atlético Tucumán joga agora a terceira fase com o colombiano Atlético Junior, que horas antes goleou o Carabobo por 3 a 0. Na ida, o time colombiano havia vencido em território venezuelano por 1 a 0. / EFE

Mais conteúdo sobre:
EQUADOR Quito Brasília Argentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.