Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Atacante Hulk anuncia que deixa o futebol chinês ao fim da temporada

Após quatro anos no País, jogador de 34 anos ainda não anunciou onde vai atuar

Redação, Estadão Conteúdo

12 de novembro de 2020 | 13h27

Hulk anunciou, nesta quinta-feira, que vai se despedir do futebol chinês no fim da temporada. O atacante brasileiro deixou uma mensagem de agradecimento aos torcedores do Shanghai SIPG, seu clube nas últimas quatro temporadas, nas redes sociais. O atacante ratificou o que dissera para a imprensa em julho.

"Quero expressar meu orgulho, carinho, gratidão e respeito pelo futebol chinês. Cheguei em 2016 e desde então tenho sido muito bem tratado e respeitado por todos", escreveu o jogador, de 34 anos, contratado em 2016 do Zenit St. Petersburg, da Ucrânia, por US$ 65 milhões (R$ 352 milhões no câmbio atual).

"Obrigado a todos do clube e à torcida pelo carinho e respeito. Também aos jogadores, sempre tivemos uma grande união e relação de carinho, amizade e muito respeito", acrescentou o atacante, autor de 75 gols em 142 jogos.

Com 48 convocações para a seleção brasileira e 11 gols marcados, Hulk foi capitão do SIPG em seu único título da Super League chinesa, em 2018, que conquistou ao lado do também brasileiro Oscar. No entanto, nas últimas partidas ele foi reserva e o Xangai terminou em quarto lugar na competição.

Na quarta-feira, Hulk foi titular no empate, por 1 a 1, contra o Pequim Guoan, em sua 100ª partida pelo Campeonato Chinês. A última competição de Hulk pelo SIPG vai ser a Liga dos Campeões da Ásia, no Catar.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolHulk

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.