Evelson de Freitas/Estadão
Evelson de Freitas/Estadão

Após quatro anos no clube, Cañete rescinde com o São Paulo

Meia argentino fez 23 partidas pelo time e deve acertar com o CRB

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

23 de junho de 2015 | 19h39

Depois de quatro anos e poucas participações pelo São Paulo o argentino Marcelo Cañete teve o contrato rescindido. O nome do jogador apareceu no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF nesta terça-feira e como agora ele sem vínculo, pode acertar com outro clube sem qualquer custo. O último time do meia foi o São Bernardo, quando atuou por empréstimo durante o Campeonato Paulista.

Cañete chegou ao São Paulo em 2011 por R$ 4,5 milhões, vindo do Boca Juniors e com fama de ter um estilo de jogo parecido ao de Riquelme. Apresentado em julho daquele ano, estreou apenas em setembro e depois começou a sofrer com lesões.  Um cirurgia no ligamento cruzado posterior do joelho direito o afastou dos gramados por quase um ano e o argentino voltou à equipe como reserva, já no fim de 2012.

No ano seguinte o jogador foi emprestado à Portuguesa e retornou ao São Paulo em 2014. O técnico Muricy Ramalho optou, então, por afastar o argentino, que no segundo semestre do ano foi para o Náutico disputar a Série B do Brasileiro. No começo desta temporada, foi a vez do meia ganhar uma chance no São Bernardo.

Em quatro anos Cañete jogou apenas 23 partidas pelo São Paulo e tinha contrato até julho de 2016. O acordo havia sido renovado em 2013, meses antes do empréstimo dele para o Náutico. O provável destino do argentino é o CRB, de Alagoas. O clube nordestino disputa a Série B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.