Divulgação/Atlético-GO
Divulgação/Atlético-GO

Após quatro derrotas seguidas, Marcelo Cabo deixa o Atlético-GO

Técnico foi demitido depois de perder para o Bahia por 3 a 0 nesta segunda-feira

O Estado de S.Paulo

05 de junho de 2017 | 23h14

O Atlético Goianiense está sem técnico. Marcelo Cabo pediu demissão após a derrota para o Bahia por 3 a 0, nesta segunda-feira, na Arena Fonte Nova, em Salvador, em jogo que fechou a quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Segundo o treinador, os jogadores não vinham mais respondendo aos seus comandos e sua saída "é o melhor para o clube neste momento".

Esta foi a quarta derrota seguida do time goiano, que ocupa a lanterna sem nenhum ponto. Perdeu para o Coritiba, por 4 a 1, para o Flamengo, por 3 a 0, e depois para o Corinthians, por 1 a 0. Alguns nomes são cotados para o cargo como Argel Fucks, ex-Vitória, Mazola Júnior, ex-Vila Nova, e Guilherme Alves, que no ano passado também dirigiu o rival goiano na Série B do Brasileiro.

A decisão foi tomada nos vestiários. Marcelo Cabo explicou a sua decisão aos jogadores e depois conversou com o vice-presidente Adson Batista. O técnico dirigia o clube desde o ano passado, quando sagrou-se campeão da Série B e garantiu o acesso à elite nacional. No total foram 60 jogos com 28 vitórias, 16 empates, 16 derrotas e um aproveitamento de 55,5%.

Por enquanto, o grupo vai ser comandado pelo auxiliar técnico permanente João Paulo Sanches. Ele, inclusive, vai dirigir o time contra a Ponte Preta nesta quinta-feira, no estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia, pela quinta rodada do Brasileirão.

Tudo o que sabemos sobre:
Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.