Valdrin Xhemaj/ EFE
Valdrin Xhemaj/ EFE

Após quatro meses sem técnico, seleção de Kosovo anuncia suíço para o cargo

Bernard Challandes assinou contrato de dois anos. Os detalhes financeiros do acordo não foram divulgados

Estadão Conteúdo

02 Março 2018 | 12h06

A seleção de Kosovo conheceu nesta sexta-feira seu novo treinador. A federação de futebol do país anunciou a contratação do suíço Bernard Challandes, que assinou contrato por dois anos com a entidade. Os detalhes financeiros do acordo não foram divulgados.

+ Neymar chegará nesta sexta a Belo Horizonte e passará a noite em hospital

Challandes chega para um posto que estava vago há quatro meses, desde que Albert Bunjaku deixou o comando de Kosovo ao fim das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo deste ano, para qual o país não se classificou. Os primeiros compromissos do suíço serão os amistosos contra Madagáscar e Burkina Faso, ainda este mês.

"O time já está formado, mas eu quero criar uma família. Os jogadores de Kosovo são bom dribladores, tem boa técnica e são velozes", disse Challandes. "Levamos em conta que muitos de nossos jogadores atuam no Campeonato Suíço e que ele os conhece, porque também trabalhou com gerações mais jovens", disse o presidente da Federação Kosovar de Futebol, Fadil Vokrri.

Aos 66 anos, Challandes tem como destaque no currículo passagens pelos suíços Young Boys e Basel, além da seleção sub-21 do país. Ele também comandou a Armênia entre 2014 e 2015.

Mais conteúdo sobre:
futebol Kosovo [Europa]

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.