Após queda, Juventus admite superioridade do Bayern

Assim como aconteceu ao fim do jogo de ida, o técnico Antonio Conte admitiu nesta quarta-feira que o Bayern de Munique foi superior à Juventus, no duelo das quartas de final da Liga dos Campeões. O time alemão venceu as duas partidas por 2 a 0 e avançou com tranquilidade, em Turim, às semifinais.

AE, Agência Estado

10 de abril de 2013 | 19h25

"O melhor time seguiu na competição. Eles mostraram isso hoje e na semana passada", reconheceu o treinador italiano, que destacou o trabalho contínuo e longo do Bayern nas últimas temporadas. "Nós só estamos atuando juntos há 18 meses. Este é o momento em que trabalhamos com o que temos", disse Conte, prestes a se sagrar bicampeão italiano.

Vilão da Juventus no jogo de ida, o goleiro Buffon também admitiu a superioridade do rival. "O sonho acabou nesta noite. Tentamos fazer o nosso melhor. Não temos arrependimentos, demos tudo. Mas não foi o suficiente porque encaramos um time que foi melhor do que nós em todos os quesitos", avaliou.

"Eles estão em melhor forma física, jogaram melhor e tem mais experiência. Eles são simplesmente melhor do que nós. Só lamento por não ter ajudado meus companheiros no jogo de ida, quando cometi aquele erro", disse o goleiro, referindo-se ao lance que gerou o primeiro gol dos alemães, na semana passada. Na ocasião, ele foi surpreendido por um gol antes de completar o primeiro minuto de jogo por estar desatento.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLiga dos CampeõesJuventus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.