Silvio Ávila/EFE
Silvio Ávila/EFE

Após quedas, Palmeiras tem cenário diferente em decisão contra o Grêmio

Nos últimos anos, equipe alviverde foi eliminada da Libertadores após perder o duelo de ida; nesta terça, joga por um empate para avançar à semifinal

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

27 de agosto de 2019 | 04h30

O Palmeiras enfrenta o Grêmio nesta terça-feira, a partir das 21h30, no Pacaembu, com a vantagem de poder empatar para avançar à semifinal da Libertadores, ao contrário do que aconteceu nas duas últimas vezes em que foi eliminado no torneio continental. A equipe alviverde venceu o duelo de ida por 1 a 0 na semana passada, em Porto Alegre.

Em 2018, o Palmeiras caiu na semifinal da Libertadores após não conseguir reverter a derrota do primeiro confronto para o Boca Juniors, da Argentina. A equipe perdeu por 2 a 0 em Buenos Aires e empatou por 2 a 2 no Allianz Parque, embora tenha jogado bem.

O cenário foi parecido em 2017. O Palmeiras foi derrotado por 1 a 0 pelo Barcelona de Guayaquil, no confronto de ida, realizado no Equador. Na volta, no Allianz Parque, o time venceu por 1 a 0 apenas, mas foi eliminado nos pênaltis das oitavas de final. Já em 2016, a equipe alviverde não passou da fase de grupos da Libertadores.

Apesar das quedas, o goleiro Weverton valorizou o fato de o Palmeiras estar disputando sua quarta edição seguida da Libertadores. Ele vê a equipe no caminho certo em busca do título da principal competição sul-americana.

“Isso é um fato: quanto mais disputa, mais aprende, mais fica próximo de ganhar. O Palmeiras vem numa sequência boa, no ano passado saiu na semifinal, mas manteve o elenco. É importante sempre poder fazer gols fora nessa competição, e a gente está em um caminho bom, no caminho certo. Temos tudo para avançar para mais uma semifinal. Tem muito time capacitado, mas a disputa está aberta”, afirmou Weverton.

O Palmeiras obteve a melhor campanha da fase de grupos da Libertadores, com 15 pontos, e também decidirá em casa caso avance à semifinal. A decisão a partir deste ano acontecerá em jogo único, que será realizado em Santiago, no Chile. Em 2018, a equipe também avançou ao mata-mata com a maior pontuação geral.

Mandante no jogo desta terça, o Palmeiras não poderá atuar em sua casa. Isso porque o Allianz Parque estava reservado para os shows da dupla Sandy e Junior que ocorreram no fim de semana. A torcida esgotou na última quarta-feira os ingressos para o confronto decisivo com o Grêmio. O clube não divulgou a carga vendida, mas a expectativa é de que o Pacaembu receba mais de 35 mil pessoas.

PONTOS FORTES DO PALMEIRAS:

1 - Boa fase de Gustavo Scarpa, artilheiro da Libertadores, com seis gols, e goleador máximo do elenco alviverde nesta temporada, com dez. Ele foi o autor do golaço no confronto de ida com o Grêmio.

2 - Velocidade no contra-ataque pode surpreender o Grêmio, que terá de ir para cima do Palmeiras para buscar ao menos um gol. Dudu quase ampliou desta forma no jogo de ida.

3 - Defesa sólida do Palmeiras também é uma arma, já que, se a equipe não levar gol, avançará para a semifinal.

PONTOS FRACOS DO PALMEIRAS:

1 - Thiago Santos deve ser o substituto de Felipe Melo, que vinha sendo um dos principais jogadores da equipe. Ele terá de cumprir suspensão após ser expulso na partida de ida.

2 - O Pacaembu será o palco da partida, porque o Allianz Parque estava reservado para receber shows. Apesar de ser mandante, o Palmeiras não jogará "em casa". 

3 - Luiz Adriano agradou e assumiu a posição de centroavante, mas tem apenas dois jogos pelo Palmeiras. Felipão sofreu para achar um jogador como referência no ataque e tem Deyverson e Borja no banco.

OS TIMES

Enquanto o técnico Luiz Felipe Scolari tem o desfalque do volante Felipe Melo, expulso na partida de ida, Renato Gaúcho tem todos os seus titulares à disposição para o jogo desta noite. Ambos os treinadores fizeram mistério e fecharam o treino de segunda, como de costume na véspera dos jogos.

A tendência é de que Thiago Santos seja titular no meio de campo do Palmeiras. A outra opção é Matheus Fernandes. Já o Grêmio deve repetir a escalação que iniciou a partida da semana passada. 

Para tentar anular a desvantagem, a equipe gaúcha sabe que vai precisar se lançar mais ao ataque, mas também adota cautela. “Temos que tomar total cuidado para sair para o ataque, porque temos que ter sempre alguém lá atrás para nos proteger. E arriscar mais, sair para o jogo. É preciso jogar com calma. Temos totais condições de sair classificados”, afirmou o volante Matheus Henrique.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X GRÊMIO

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gómez e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Scarpa; Dudu, Willian e Luiz Adriano. Técnico: Felipão.

Grêmio: Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, M. Henrique, Alisson, Jean Pyerre e Everton; André. Técnico: Renato Gaúcho.

Juiz: Néstor Pitana (ARG).

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP).

Horário: 21h30.

Na TV: Fox Sports.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.