Após recuperação, Fábio avalia que Cruzeiro precisa de novas metas

A luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro agora parece um risco distante. Embalado por uma invencibilidade de sete partidas, com três vitórias e quatro empates, o Cruzeiro abriu uma vantagem confortável, de oito pontos, para a zona de descenso. Satisfeito com o bom momento do time, o goleiro Fábio festeja a recuperação do time mineiro e agora mira objetivos mais altos.

Estadão Conteúdo

19 de outubro de 2015 | 16h17

"A gente tinha que viver cada momento dentro da competição da forma que era necessária. Vínhamos de um momento difícil, sem resultados positivos até a chegada do Mano. Com trabalho e empenho e foco no que o Mano pedia, a nossa equipe assimilou a forma que ele queria, somamos pontos, ganhamos confiança e isso agora nos motiva a disputar as outras partidas com pensamento positivo e jogo a jogo tentar almejar coisas novas", afirmou.

Nas duas próximas rodadas do Brasileirão, o Cruzeiro vai enfrentar times que lutam contra o rebaixamento - Goiás e Avaí -, ambos fora de casa. Para Fábio, em caso de resultados positivos, o time pode sonhar de vez com uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores. No momento, o time está em 11º lugar, com 41 pontos e a oito do Santos, a primeira equipe dentro do G4.

"Temos ainda 21 pontos a disputar, podemos ter um ano ainda melhor. Temos condições. Sabemos que não dependemos somente da nossa equipe. Mas vamos tentar pontuar ao máximo. Temos jogos contra Goiás e depois Avaí fora de casa. Vamos ver o que podemos fazer e depois ver a tabela para saber o que podemos almejar na competição", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroFábio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.