REUTERS/Pedro Nunes
REUTERS/Pedro Nunes

Após recusar seleção brasileira, Matheus Nunes é convocado pela 1ª vez para defender Portugal

Meia brasileiro naturalizado português vai defender equipe lusitana em amistoso contra o Catar e em jogo contra Luxemburgo, pelas Eliminatórias

Redação, Estadão Conteúdo

30 de setembro de 2021 | 11h33

O meia brasileiro naturalizado português Matheus Nunes foi convocado nesta quinta-feira pelo técnico Fernando Santos para defender a seleção de Portugal em amistoso contra o Catar e em jogo contra Luxemburgo, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, que serão realizados em outubro.

"Matheus Nunes estava às portas da seleção, a porta se abriu e ele entrou", garantiu o comandante, em entrevista coletiva concedida após a divulgação da lista de relacionados, que conta com o astro Cristiano Ronaldo, entre outros.

O jogador do Sporting Lisboa, que nasceu no Rio de Janeiro e vive em Portugal desde o início da adolescência, já havia revelado dias atrás que optaria pelos campeões europeus de 2016, caso fosse chamado, o que aconteceu pela primeira vez nesta quinta-feira.

No final de agosto, o técnico Tite chegou a convocar Matheus Nunes para os jogos que a seleção brasileira faria no início deste mês. No entanto, a CBF comunicou posteriormente que o meia não se apresentaria.

Além do jogador do Sporting Lisboa, Portugal também contará mais uma vez com o zagueiro brasileiro naturalizado Pepe, do Porto, outro dos convocados por Fernando Santos. Os portugueses jogarão em 9 de outubro contra o Catar, em amistoso marcado para acontecer no Estádio do Algarve. Três dias depois, no mesmo local, acontecerá o duelo contra Luxemburgo, pela sexta rodada do Grupo A das Eliminatórias da Copa de 2022.

Portugal lidera a chave com 13 pontos, dois a mais que a Sérvia, que está na vice-liderança, e sete à frente do próximo adversário na competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.