Após renúncia de Llorente, Valencia confirma presidente

Depois de ter anunciado na última sexta-feira a saída do presidente Manuel Llorente, que renunciou ao cargo, o Valencia confirmou nesta quarta o substituto do dirigente. Trata-se de Vicente Andreu Fajardo, conselheiro que presta serviços ao clube há 27 anos, período em que foi membro da diretoria, do conselho da administração e assessor de questões econômicas.

AE, Agência Estado

10 de abril de 2013 | 12h45

Fajardo, porém, só está garantido à frente da presidência até o próximo dia 4 de junho, quando ocorrerá uma assembleia extraordinária dos acionistas do Valencia, segundo confirmou o clube nesta quarta por meio de nota oficial. Ele deverá exercer de forma interina a função de presidente até que seja eleito um novo conselho de administração interno.

Llorente, de 61 anos, deixou a presidência enfatizando que o Valencia está "entrando numa nova era", após quatro temporadas à frente da diretoria. O dirigente se referiu à mudança na diretoria da fundação que é sócia majoritária do clube. Federico Varona foi escolhido recentemente para presidir a instituição, que tenta superar as dificuldades financeiras enfrentadas pelo time nos últimos anos.

As dívidas recentes fizeram o Valencia se ver obrigado a negociar seus melhores jogadores nas últimas temporadas, como David Villa, David Silva e Juan Mata.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolValencia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.