Mailson Santana / Fluminense FC
Mailson Santana / Fluminense FC

Após reunião com presidente, Abel assegura permanência no Fluminense em 2018

Abel diz que desejo de ser o segundo treinador em número de jogos no clube foi um dos fatores para renovação

Estadão Conteúdo

06 de dezembro de 2017 | 12h58

Abel Braga vai permanecer à frente do Fluminense em 2018. Nesta quarta-feira, o treinador confirmou que seguirá no comando do clube carioca, com quem possui contrato até 31 de dezembro do próximo ano, após participar de uma reunião com o presidente da equipe, Pedro Abad.

+ Dourado celebra ano no Flu e diz que quer ficar, mas avisa: 'Mercado está aberto'

Ao acertar o seu retorno ao Fluminense em dezembro de 2016, Abel firmou um acordo com o clube por duas temporadas. Porém, havia dúvidas sobre a sua permanência por causa dos graves problemas financeiros do time, o que provocou a saída de vários jogadores durante a temporada.

Além disso, Abel recebeu sondagens de clubes do futebol brasileiro, como Palmeiras e Internacional, e chinês nas últimas semanas. O treinador, porém, decidiu na reunião da última terça permanecer à frente do Fluminense, o que o levará a se tornar o segundo treinador que mais vezes dirigiu a equipe.

"Desde que voltei, disse que queria chegar a ser o segundo treinador a dirigir por mais vezes o clube. E esse foi um dos motivos de não ter aceitado o convite de três clubes da China e de outros aqui do Brasil. Além disso, não gostaria de largar o Fluminense nesse momento difícil. Sem falar que tenho um ótimo relacionamento com o Pedro e o Cacá (Cardoso, vice-presidente do Fluminense). Todos sabem da enorme identificação que tenho com essas três cores. E a votação do torcedor pela minha permanência, através de um site, me sensibilizou e me encheu de orgulho. Espero retribuir com um time que possa, da mesma forma, orgulhar o torcedor", declarou, em comunicado oficial.

Abel já dirigiu o Fluminense em 294 jogos, o que o deixa atrás de Ondino Viera, com 297, e Zezé Moreira, com 474, na relação de treinadores que mais vezes dirigiu o clube. Esta é a terceira passagem do treinador pelo time, sendo que foi ele campeão carioca em 2005 e 2012 e do Campeonato Brasileiro em 2012.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseAbel Braga

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.