Após reunião, Dorival Júnior deixa o comando do Santos

A polêmica envolvendo o atacante Neymar acabou derrubando o técnico Dorival Júnior do comando do Santos. Insatisfeita com o fato de o treinador não ter relacionado o jogador para o clássico desta quarta, contra o Corinthians, na Vila Belmiro, a diretoria santista se reuniu na noite desta terça e decidiu pela saída de Dorival.

AE, Agência Estado

21 de setembro de 2010 | 23h27

O treinador deixa o Santos após quase dez meses à frente da equipe, que assumiu ainda no fim do ano passado. A passagem do treinador foi de grandes conquistas para o Santos. Além dos títulos da Copa do Brasil e do Campeonato Paulista, o clube teve a afirmação de suas revelações. Além do próprio Neymar, Paulo Henrique Ganso e os já negociados André e Wesley também brilharam pelo time.

A saída de Dorival começou a ser definida em uma reunião com quase três horas de duração nesta terça. O presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro não esteve presente, mas participou por telefone. A diretoria santista queria que o treinador voltasse atrás na decisão de manter o afastamento de Neymar. Como Dorival resistiu, foi decidido o rompimento do contrato, que prevê uma multa rescisória de R$ 2 milhões.

No clássico desta quarta, o Santos será comandado de forma interina pelo ex-jogador Narciso, atual técnico da equipe sub-20. A presença de Neymar ainda é dúvida, mas a tendência é de que o atacante seja relacionado e até entre como titular, já que apenas o comando de Dorival impedia a escalação do jogador.

O caso que culminou com a saída de Dorival começou na última quarta, na vitória sobre o Atlético-GO, quando Neymar discutiu com o treinador e o xingou. Por isso, foi afastado e não jogou no domingo, contra o Guarani, mas a diretoria queria que ele voltasse para o clássico, possibilidade vetada por Dorival nesta terça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.