Vítor Silva/Botafogo
Vítor Silva/Botafogo

Após revés em casa, Rodrigo Pimpão cobra mais atitude do Botafogo no Brasileirão

Com a derrota, o Botafogo permanece com 16 pontos, na sétima posição, mas pode ser ultrapassado por Fortaleza, São Paulo, Corinthians e Goiás, que ainda jogam na rodada

Redação, Estadão Conteúdo

21 de julho de 2019 | 14h50

Após a derrota para o Santos por 1 a 0 neste domingo, o atacante Rodrigo Pimpão deixou o gramado do Engenhão cobrando mais atitude dos companheiros. Para o atacante, o Botafogo poderia ter aproveitado melhor as chances que teve na partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O time carioca chegou a jogar com um homem a mais após a expulsão do zagueiro Lucas Veríssimo no início do segundo tempo, mas teve Gilson expulso minutos depois e sofreu o gol quando os dois times estavam com dez jogadores em campo.

"Poderíamos ter dado mais, tivemos um jogador a mais, tivemos chances, mas não marcamos. Sofremos o gol no final quando estava de igual para igual", desabafou o jogador.

Mesmo assim, Pimpão ressaltou que a derrota não derruba a moral do Botafogo. O atacante acredita que o time tem de aprender com o resultado e pode se reabilitar nas próximas rodadas. "Isso não nos abala, nos dá força para seguir porque o campeonato ainda é muito longo", concluiu.

Com a derrota, o Botafogo permanece com 16 pontos, na sétima posição, mas pode ser ultrapassado por Fortaleza, São Paulo, Corinthians e Goiás, que ainda jogam na rodada. No próximo domingo, o time de Eduardo Barroca volta a campo pela 12ª rodada e terá um clássico pela frente: enfrenta o Flamengo, no Maracanã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.