Cláudia Sandes/Bahia
Cláudia Sandes/Bahia

Após revés na Sul-Americana, Bahia quer recuperar confiança contra o Corinthians

Técnico Enderson Moreira contará com as entradas de Vinícius no meio campo e Edigar Junio no ataque

Estadão Conteúdo

27 Outubro 2018 | 07h06

Após a derrota amarga para o Atlético-PR por 1 a 0 nas quartas de final da Copa Sul-Americana, o Bahia teve pouco tempo para mudar a chavinha e começar a pensar no Campeonato Brasileiro. Neste sábado, às 19 horas, enfrenta o Corinthians pela 31ª rodada. O técnico Enderson Moreira vai ter as entradas de Vinícius no meio-campo e Edigar Junio no ataque, mas promete ter em campo um time competitivo.

Gilberto sentiu um estiramento no joelho direito no empate por 2 a 2 com o Grêmio e nem viajou com o grupo para São Paulo. Titular contra o Atlético-PR, Edigar Junio será mantido no comando de ataque.

Enderson Moreira aposta no que deu certo nas últimas partidas, com Ramires sendo mantido no meio-campo. Zé Rafael, maestro do Bahia, recebeu o terceiro cartão amarelo e deve ceder a sua posição a Vinícius, que vem correspondendo nos treinamentos.

Nas laterais, Bruno disputa com Nino Paraíba pela direita, enquanto Léo retorna pelo lado esquerdo. Paulinho, que vinha improvisado no setor, pode começar no meio-campo, mas disputa posição com Élber e a definição deve sair apenas minutos antes do jogo. Recuperado de lesão, o zagueiro Tiago voltou a trabalhar com bola, mas ainda está sem ritmo de jogo. Lucas Fonseca e Jackson seguem como titulares.

"Acho que a gente está fazendo bons jogos e sabemos que, para sobreviver na Série A, é preciso atingir os 45 pontos. Com mais dois triunfos, nós vamos a 43. Três triunfos a gente garante a permanência e o campeonato ficará mais fácil para a gente jogar", afirma Enderson Moreira, confiante em mais um bom resultado fora de casa.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.