Após saída de revelação, Guarani rompe com empresário

O time de Campinas tentava renovar o contrato do jovem jogador

Estadão Conteúdo

13 de dezembro de 2016 | 20h23

O Guarani divulgou nesta terça-feira uma nota de repúdio ao agente do volante Wesley, prata da casa que se transferiu recentemente para o Paysandu sem nenhum custo. O time de Campinas tentava renovar o contrato do jovem jogador.

No texto assinado pelo presidente Horley Senna, o Guarani anuncia o "rompimento de qualquer negócio" com Ronaldo Francisco Lucato e ainda diz que "os atletas da categoria de base que iniciarem qualquer tratativa com o representante em questão terão seus contratos rescindidos automaticamente".

Wesley, de 21 anos, fez seis jogos na campanha do vice-campeonato da Série C do Campeonato Brasileiro. O volante tinha contrato com o Guarani até o fim do ano e recebeu uma proposta de renovação, mas preferiu se transferir para o Paysandu. Ele chega ao time paraense indicado pelo ex-técnico bugrino, Marcelo Chamusca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.