TJMG
TJMG

Após sair da prisão, Bruno é anunciado como reforço do Poços de Caldas

Presidente do clube, Paulo César da Silva, afirmou que o goleiro vai assinar contrato na próxima semana

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de agosto de 2019 | 22h10

Após conseguir progressão para regime semiaberto, o goleiro Bruno será o novo reforço do Poços de Caldas FC. A contratação foi confirmada pelo presidente da equipe que está na Terceira Divisão do Campeonato Mineiro, Paulo César da Silva, ao Jornal Mantiqueira, de Poços de Caldas.  

Segundo o dirigente, faltam apenas algumas liberações e o acerto de detalhes para Bruno assinar o contrato. A expectativa, de acordo com Paulo César, é que isso aconteça na próxima semana.

A princípio, Bruno continuaria morando em Varginha, onde fixou residência após sair da prisão, e iria para Poços de Caldas para treinar.    

O goleiro foi condenado a 20 anos e 9 meses de prisão pelo assassinato e ocultação do cadáver da modelo Eliza Samúdio, além de cárcere privado do menino Bruninho, filho dos dois. Os crimes foram cometidos em junho de 2010, quando Bruno era jogador do Flamengo. 

A migração de regime foi possível porque a Justiça, em junho, anulou a falta grave que Bruno teria cometido em outubro, quando foi flagrado em bar ao lado de mulheres no momento em que deveria estar em trabalho externo

Em 2017, Bruno chegou a voltar a atuar pelo Boa Esporte, na segunda divisão do Campeonato Mineiro. O goleiro, no entanto, entrou em campo cinco vezes antes de ser novamente preso. Foram duas vitórias, dois empates e uma derrota. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.