Após São Paulo, Globo também fecha com Atlético-PR

A novela envolvendo a negociação individual dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro do próximo quatriênio está cada vez mais perto de um final. Nesta terça-feira, poucas horas depois de o São Paulo anunciar acordo com a Rede Globo, foi a vez de o Atlético-PR fazer o mesmo.

AE, Agência Estado

24 de maio de 2011 | 21h32

Com a oficialização do acerto da dupla, a Globo se aproxima da exclusividade de transmissão do Brasileiro entre 2012 e 2015. Dentre os 20 clubes que compõem o Clube dos 13, apenas Internacional, Atlético-MG, Portuguesa e Guarani ainda não assinaram com a emissora carioca. Os dois paulistas, porém, devem ficar de fora do acordo, uma vez que estão na segunda divisão.

O acerto com São Paulo e Atlético-PR volta a movimentar a novela, que não tinha novas adesões há mais 40 dias. Assim como fez seus pares, o clube paranaense não revelou quanto vai receber da Globo, apenas que executivos da emissora se comprometeram a "ampliar a exposição de jogos do clube no Brasileiro deste ano em TV aberta".

Marcos Malucelli, presidente do Atlético-PR, comemora o acordo. "Este contrato, histórico em termos de valores e dentro do contexto de valorização do mercado do futebol no Brasil, garante para o Atlético-PR um robusto aumento de receita no médio prazo, dando continuidade no processo de crescimento sustentável do clube", destacou o dirigente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.