Karim Jaafar/AFP
Karim Jaafar/AFP

Após se aposentar, Xavi Hernández é anunciado como novo técnico de time do Catar

Espanhol de 39 anos será o comandante do Al-Sadd, clube que vinha defendendo como jogador desde 2015

Redação, Estadão Conteúdo

28 de maio de 2019 | 12h34

Vinte e seis dias depois de ter confirmado que se aposentaria dos gramados ao final desta temporada do futebol no Oriente Médio, o ex-meia Xavi Hernández, de 39 anos, foi anunciado oficialmente nesta terça-feira como novo técnico do Al-Sadd, do Catar.

O jogador espanhol vinha defendendo a equipe de Doha como atleta desde 2015, quando foi contratado junto ao Barcelona, e disputou o seu último jogo pelo time há uma semana, quando enfrentou o Persépolis, do Irã, pela Copa de Ásia. Nesta temporada, ele também ajudou a sua equipe a conquistar o título da liga catariana.

"O Al-Sadd tem o prazer de anunciar que o seu ex-capitão Xavi Hernández vai assumir o cargo de técnico do time principal, a partir do começo da temporada 2019/2020. Será o primeiro trabalho de Xavi como técnico", afirmou o clube do Catar ao oficializar o ídolo espanhol como seu novo treinador.

O Al-Sadd também confirmou que a equipe realizará a sua pré-temporada em Girona, na Espanha, entre os dias 14 e 29 de julho. Substituto do técnico português Jesualdo Ferreira Xavi espera dar início a uma nova fase vitoriosa de sua carreira após conquistar inúmeros títulos pelo Barcelona e se tornar uma peça chave da seleção espanhola que ganhou a Copa do Mundo de 2010 e faturou as edições de 2008 e 2012 da Eurocopa. O ex-meio-campista defendeu a Espanha em 133 partidas e marcou 13 gols pela equipe nacional.

O Al-Sadd não oficializou o tempo de contrato firmado com o seu novo treinador, que já admitiu que pretende ganhar experiência na função no time catariano e depois voltar a trabalhar no Barcelona, agora como técnico, depois de ter defendido o clube como profissional entre 1998 e 2015. E ele foi formado como jogador pela equipe catalã a partir dos seus 11 anos de idade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.