Daniel Augusto jr.|Divulgação
Daniel Augusto jr.|Divulgação

Após se lesionar em aquecimento, corintiano será operado

Médico evita dar prazo de retorno para Matheus Vidotto

Ciro Campos, Estadão Conteúdo

15 de maio de 2016 | 20h26

O terceiro goleiro do Corinthians, Matheus Vidotto, terá de passar por uma cirurgia nas costas após se lesionar durante o trabalho de aquecimento para o jogo contra o Grêmio, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. De acordo com o médico do clube, Ivan Grava, o jogador apresentou uma hérnia extrusa na lombar e já será submetido a uma operação nesta segunda-feira.

Para o médico, ainda é difícil estipular um prazo para o retorno. "Ele sentiu uma dor muito forte na coluna. Aí fui chamado, atendi e trouxemos aqui para análise. Nós suspeitamos de uma hérnia lombar e ele foi encaminhado para o hospital para fazer exames. A ressonância e a tomografia confirmaram a hérnia extrusa", afirmou Grava.

O jogador de 23 anos teve a oportunidade de ficar no banco de reservas porque o titular, Cássio, foi liberado para viajar ao Rio Grande do Sul acompanhar o enterro da avó. Durante o trabalho pré-jogo, Matheus Vidotto sentiu muitas dores e logo foi transferido para o ambulatório do estádio. A comissão técnica teve de telefonar para o quarto goleiro, Caíque França, vir às pressas para ficar como reserva de Walter.

A cirurgia e o tempo de recuperação devem dificultar a presença do goleiro na Olimpíada. Convocado em algumas listas do técnico Rogério Micale, Matheus Vidotto era um dos candidatos a disputar o torneio. O técnico Tite lamentou a lesão do jovem goleiro. "Antes do jogo fui ao ambulatório falar com ele e com a família. Foi uma pena o que aconteceu", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.