Após semana turbulenta, Vasco faz decisão contra Bragantino por acesso na Série B

Cruzmaltino está apenas dois pontos na frente do quinto colocado

Thiago Rabelo, Especial para O Estado de S. Paulo

12 de novembro de 2016 | 07h15

Há três jogos sem vencer e com o risco cada vez maior de não retornar para a primeira divisão nacional, o Vasco faz duelo decisivo contra o Bragantino, neste sábado, às 16h30, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). Após o empate em casa com o Luverdense, na última terça-feira, o técnico Jorginho encarou protestos da torcida e esteve ameaçado no cargo, mas permanece para o confronto da 36ª e antepenúltima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado durante a semana, o time caiu uma posição. É o terceiro com 59 pontos, apenas dois acima do Náutico, equipe que começou a rodada na quinta colocação. Também pressionado, com objetivo bem distinto, o Bragantino tenta fugir do rebaixamento. A equipe paulista é a 18.ª, com 32 pontos.

Conviver com protestos da torcida é outra dificuldade que o Vasco tem encarado. Após o jogo da última terça-feira, o presidente Eurico Miranda foi o grande alvo da torcida. Na quinta, membros das organizadas se reuniram com Jorginho e os jogadores Rodrigo e Nenê. No dia seguinte, outro grupo compareceu ao estádio de São Januário para criticar as más atuações e o risco de não conseguir o acesso.

Apesar do desconforto pela reunião, Jorginho amenizou o problema. "É bom deixar claro que os torcedores foram extremamente diretos, educados e respeitosos. Fizemos um pacto de união, pois o importante é a subida do Vasco para a Série A. Eles prometeram apoio e isso será importante nessa reta final", disse o treinador.

Para o confronto, Jorginho faz três mudanças com os retornos de Madson e Douglas, que cumpriram suspensão pelo terceiro cartão amarelo, nos lugares de Yago Pikachu e William. No meio de campo, Andrezinho sente dores musculares e cede a vaga para Diguinho.

Pela primeira vez com três volantes, esta será mais uma tentativa do treinador organizar o meio de campo, após tentativas frustradas com três atacantes ou com dois meias. Com a seleção uruguaia, o goleiro Martín Silva desfalca o time mais uma vez e será substituído por Jordi.

Na rodada que pode ter confirmado o rebaixamento para a terceira divisão nacional, caso perca o jogo e o Oeste vença o Brasil-RS, o Bragantino tem problemas para escalar o time. Por lesão, Bruno Pacheco e Léo Jaime não jogam, assim como Gabriel Dias e Alan Mineiro, suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.