Giampierro Sposito/ Reuters
Giampierro Sposito/ Reuters

Após sequência de lesões, Giuseppe Rossi assina para reforçar o Genoa

Atacante de 30 anos assinou contrato até o fim da temporada com o novo clube

Estadão Conteúdo

04 de dezembro de 2017 | 15h58

Perseguido por inúmeras e graves lesões ao longo da carreira, Giuseppe Rossi assinou contrato nesta segunda-feira para reforçar o Genoa. Recuperado de um último problema físico no joelho, o atacante de 30 anos assinou contrato até o fim da temporada com o novo clube, que luta contra o rebaixamento no Campeonato Italiano.

+ Confira a classificação do Campeonato Italiano

O Genoa já havia procurado Rossi há algum tempo, mas exigiu que o jogador passasse por diversos exames por conta de seu longo histórico. Até por isso, o vínculo será de apenas sete meses. O atacante, aliás, só pôde assinar com o clube porque estava livre de contrato.

Nascido nos Estados Unidos, mas filho de pais italianos, Rossi começou na base do Manchester United, rodou por Newcastle e Parma, até estourar no Villarreal. Ele tinha o nome vinculado a especulações com diversos gigantes europeus quando rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito em 2011.

Foram três cirurgias no local até que ele pudesse voltar a jogar, já pela Fiorentina, em 2013. Naquela temporada, porém, Rossi perdeu quatro meses por causa de uma nova lesão de ligamento, o que fez com que ficasse de fora da Copa do Mundo do Brasil.

Rossi foi submetido a uma quarta cirurgia no joelho direito em setembro de 2014 e perdeu toda aquela temporada. Voltou à Espanha em 2016 para jogar pelo Levante, antes de atuar no Celta de Vigo em 2016/2017. Em abril, porém, rompeu novamente o ligamento cruzado anterior do joelho, desta vez o esquerdo, e precisou ser submetido a nova cirurgia que o afastou dos gramados até o momento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.