Alex Silva|Estadão
Alex Silva|Estadão

Após ser contestado e perder espaço, Cueva volta a ser decisivo no São Paulo

Meia peruano teve participação nos últimos três gols marcados pela equipe

Matheus Lara, Estadão Conteúdo

28 de setembro de 2017 | 11h46

Depois uma sequência de jogos em que foi criticado por render menos que o esperado, Cueva, que chegou a perder espaço entre os titulares do São Paulo, voltou a ser decisivo. Os últimos três gols do time tiveram participação do meia e, com oito assistências, é o maior "garçom" tricolor da temporada.

+ Baixe nosso podcast e fique por dentro do noticiário do São Paulo

No triunfo sobre o Vitória, foi reserva, entrou no intervalo e deu uma nova cara ao time. Com seis minutos em campo, cobrou escanteio na medida para Militão cabecear e abrir o placar e, mais tarde, fez um gol olímpico. Contra o Corinthians, voltou a ser titular e, na jogada do gol de Petros, tabelou com o volante.

O jogador tem a confiança do técnico Dorival Junior. "O Cueva vem se recuperando, melhorando rodada a rodada e já está com um nível de força maior", afirma o treinador. "É um jogador preparado, focado e concentrado e que vai nos ajudar bastante nos jogos finais do Campeonato Brasileiro. No clássico, ele batalhou bastante, combateu e se entregou pelo time. Foi uma postura aguerrida."

Retomando a boa fase no São Paulo, Cueva foi novamente convocado para defender a seleção peruana nas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018. Ele foi chamado pelo técnico Ricardo Gareca para os confrontos contra Argentina no dia 5 de outubro, na Bombonera, em Buenos Aires, e Colômbia no dia 10, em Lima, no Peru.

O São Paulo segue se preparando para o duelo contra o Sport, marcado para o próximo domingo, no Morumbi. Com 28 pontos, o time ocupa a 17ª posição do Campeonato Brasileiro e com uma vitória sobre os pernambucanos tem grandes chances de deixar a zona de rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.