Albert Gea/ Reuters
Albert Gea/ Reuters

Após ser cortado da seleção, Coutinho se recupera e volta a treinar no Barcelona

Meia se recuperou de uma lesão muscular na coxa esquerda sofrida ainda no clássico entre Barça e Real Madrid, no dia 24 de outubro

Redação, Estadão Conteúdo

16 de novembro de 2020 | 17h38

Após ser cortado da seleção brasileira, Philippe Coutinho voltou a treinar no Barcelona nesta segunda-feira. O meio-campista se recuperou de uma lesão muscular na coxa esquerda sofrida ainda no clássico entre Barça e Real Madrid, no dia 24 de outubro, em rodada do Campeonato Espanhol.

A lesão motivou o técnico Tite a cortar o jogador da convocação para os jogos contra Venezuela, na sexta-feira, e Uruguai, nesta terça, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, no Catar. O treinador havia chamado Lucas Paquetá para substituir o jogador do Barcelona no elenco nacional.

Coutinho foi a primeira de uma série de baixas na seleção, o que inclui os atacantes Neymar e Pedro, o volante Fabinho, o lateral Alex Telles, que foi mantido com o grupo apesar de apresentar novo teste positivo para covid-19. Mesmo assim, Tite já chamou Guilherme Arana para a posição.

Recuperado fisicamente, Philippe Coutinho treinou normalmente com o esvaziado elenco catalão, desfalcado pelos jogadores convocados para diversas seleções. O clube não informou detalhes sobre a recuperação do meia brasileiro.

O técnico Ronald Koeman conta com Coutinho para a próxima rodada do Espanhol. No sábado, o Barcelona vai enfrentar o Atlético de Madrid.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.