Cruzeiro/ Divulgação
Cruzeiro/ Divulgação

Após sete horas de votação, Sérgio Rodrigues é eleito presidente do Cruzeiro

Pleito no Parque Esportivo do Barro Preto foi marcado por aglomerações, enfrentamento, presença da polícia e agressão

Redação, Estadao Conteudo

21 de maio de 2020 | 19h00

Após sete horas de votação, o advogado Sérgio Santos Rodrigues é o novo presidente do Cruzeiro. O pleito no Parque Esportivo do Barro Preto foi marcado por aglomerações, enfrentamento, presença da polícia e agressão com uma cusparada de um torcedor não identificado ao ex-presidente Zezé Perrella.

Sérgio Rodrigues, da chapa "Centenário" vai ter uma mandato "tampão" de 1.º de junho a 31 de dezembro deste ano para substituir a saída de Wagner Pires de Sá e assumindo a administração da Raposa, que estava nas mãos do transitório conselho gestor. Em outubro, haverá outra eleição para o triênio 2021-2023.

Junto com Sérgio, também se elegeram Lidson Potsch Magalhães, 1.º vice-presidente, e Biagio Teodoro Peluso, 2.º vice-presidente. Escolhido entre 269 dos 351 votos computados, o grupo derrotou a chapa "Cruzeiro Primeiro", formada por Ronaldo Granata, Maurício Marques da Silva e Ailton Ricaldoni Lobo.

Dirigentes que fizeram parte da campanha desastrosa do Cruzeiro, que terminou com a equipe na Série B do Brasileiro, estiveram presentes e foram hostilizados por torcedores. Eles precisaram de escolta policial. Foram eles, Vitorio Galinari e Sérgio Nonato, além de Perrella.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.