Nilton Fukuda/ Estadão
Nilton Fukuda/ Estadão

Após 7 meses, Dênis é relacionado pelo São Paulo para clássico

Operado em fevereiro, goleiro esteve no vestiário por todo o ano

Estadão Conteúdo

26 de setembro de 2015 | 17h37

Recuperado de cirurgia no ombro direito, o goleiro Denis voltou a ser relacionado para uma partida do São Paulo após sete meses. No próximo domingo, o atleta volta a fazer parte do elenco justamente no clássico contra o Palmeiras, no Morumbi, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"É muito bom ver meu nome na convocação depois de sete meses. Sei o quanto foi difícil este período fora, mas sei também o quanto aprendi. Nunca tinha passado por isso na minha carreira, estou 100% e muito feliz por poder novamente ajudar o São Paulo", comentou Denis ao site oficial do São Paulo.

No dia 26 de fevereiro deste ano, o goleiro precisou operar o ombro direito para fixar a estrutura do labrum. Apesar de não poder jogar, Denis marcou presença no vestiário da equipe na maior parte dos jogos no ano.

"Procurei sempre ficar junto com meus companheiros. Não podia participar de forma mais direta, mas procurava colaborar de algum jeito. É o que eu gosto, o que eu amo fazer, por isso procurei ir em todos os jogos", disse. "Mas agora é especial, vou poder de uma forma mais direta ajudar o São Paulo."

Denis é o goleiro que mais substituiu Rogério Ceni, com 88 jogos disputados pelo clube do Morumbi. Em 2015, o atleta atuou apenas na goleada por 5 a 0 sobre o Bragantino, pelo Paulistão, em fevereiro.

ATAQUE REFORÇADO

Além do goleiro reserva, o técnico Juan Carlos Osorio também conta com o reforço de dois atacantes que não foram escalados na partida contra o Vasco, na última quarta-feira. Centurión e Rogério estão relacionados para enfrentar o Palmeiras. O argentino ficou de fora das últimas duas partidas para resolver problemas particulares e já aprimorou a forma física para ajudar o time. Rogério não pôde atuar diante do Vasco, pelas quartas de final da Copa do Brasil, pois já havia jogado pelo Vitória na mesma competição.

Com 42 pontos e na quinta colocação no Brasileirão, o São Paulo busca ultrapassar justamente o Palmeiras, que fecha o G4 com 44. No treinamento deste sábado, Osorio deu bastante atenção às jogadas de bola parada e cruzamentos na defesa para tentar evitar tomar gols da principal arma do arquirrival, time com melhor ataque da competição.

A partida também pode ser a última oportunidade do Palmeiras vencer o São Paulo com Rogério Ceni no gol no Estádio do Morumbi, fato que não se repete desde 2002, pois o goleiro deve pendurar as chuteiras no final do ano.

CONFIRA OS RELACIONADOS DO SÃO PAULO

Goleiros - Rogério Ceni e Denis

Laterais - Bruno, Carlinhos, Reinaldo, Matheus Reis e Auro

Zagueiros - Lucão, Rodrigo Caio e Lyanco

Volantes - Breno, Thiago Mendes e Wesley

Meias - Michel Bastos e Paulo Henrique Ganso

Atacantes - Alexandre Pato, Centurión, Rogério, Murilo e Wilder.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoSão Paulo fc

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.