Juan Herrero/EFE
Juan Herrero/EFE

Após sofrer goleada no Campeonato Espanhol, Almería demite técnico

Francisco Rodríguez Vílchez não resiste no cargo depois de ver seu time se aproximar da zona de rebaixamento ao levar 5 a 2 do Eibar

Estadão Conteúdo

09 de dezembro de 2014 | 10h13

O técnico Francisco Rodríguez Vílchez não resistiu à goleada de 5 a 2 diante do Eibar, que voltou à primeira divisão espanhola nesta temporada, e foi demitido pela diretoria do Almería nesta terça-feira. O revés aconteceu nesta segunda, no encerramento da 14ª rodada do Campeonato Espanhol.

O resultado deixou o Almería na beira da zona de rebaixamento. O time tem os mesmos 10 pontos dos três últimos colocados da tabela. Só ocupa o 17º lugar, fora da zona da degola, por conta dos critérios de desempate. A sequência ruim da equipe culminou na goleada que custou o emprego de Rodríguez Vílchez.

O técnico de 36 anos se despede do clube depois de três anos de trabalho. O ex-jogador iniciou sua carreira de técnico em 2011 na base do Almería. Dirigiu o time B do clube durante duas temporadas. E, em 2013, teve o trabalho reconhecido ao ser promovido para a equipe principal. Ele disputava sua segunda temporada como treinador do time.

Depois da demissão, a diretoria afirmou que ainda trabalha para definir o novo comandante do Almería. Se não contratar um técnico até quinta, o time vai enfrentar o poderoso Real Madrid, líder do Espanhol, na sexta, em casa, com o preparador físico, Sergio Pardo, no banco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.