Após sonhar com gol do título, Arouca agora quer a Libertadores

Volante santista havia dito, antes do jogo, que tinha tido sonho em que fazia gol na final

AE, Agência Estado

15 de maio de 2011 | 18h34

SANTOS - Na sexta-feira, Arouca anunciou que voltaria ao time do Santos após dez dias fora da equipe com um edema na coxa. Em entrevista coletiva, revelou ainda um sonho que teve: o de que marcaria o gol do título santista na Vila Belmiro.

Neste domingo, o sonho ficou perto de se tornar realidade. Graças a um gol de Arouca, o primeiro em 66 partidas com a camisa santista, o Santos abriu o placar sobre o Corinthians e só não foi campeão com esse resultado porque Julio Cesar e Rafael falharam e decretaram o 2 a 1 que deu o título ao time praiano.

A homenagem pelo gol e pelo título já estava pronta. Arouca já tinha preparado uma camisa com a foto da filha Valentina. "Quero dedicar esse titulo à minha filha e também à minha esposa, que me ajudou bastante, principalmente no começo do ano, que foi um período muito difícil, com uma lesão atrás da outra. Passei por essa dificuldade e Deus me abençoou com esse gol e esse título", disse Arouca ao final do jogo.

Ele lembrou da revelação prévia do sonho e já antecipou qual o próximo: o título da Libertadores. "É para ninguém falar que foi mentira. Deus parecia que queria me dar um recado. Não foi totalmente o gol do título, porque depois o Neymar marcou, mas não estava preocupado com isso, o importante era o time vencer. Agora o próximo sonho é a Libertadores" revelou o volante.

Veja também:

link JOGO - Leia como foi Santos 2 x 1 Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.