Marlon Costa/ Pernambuco Press
Marlon Costa/ Pernambuco Press

Após sorteio, Santa Cruz insiste em briga para jogar a Copa Sul-Americana

Título da Copa do Nordeste daria uma vaga na competição e clube cobra o direito

Estadao Conteudo

01 Fevereiro 2017 | 13h30

O regulamento da Copa do Nordeste do ano passado dava ao vencedor uma vaga na Copa Sul-Americana de 2017. O Santa Cruz ganhou o torneio, mas não faturou o prêmio. Na noite de terça-feira, a Conmebol sorteou as chaves da competição, sem a presença do clube pernambucano.

Nesta quarta, o Santa Cruz voltou a reclamar da atitude da entidade, avisando que vai buscar seus direitos. "Posicionamento sobre a Copa Sul-Americana 2017: o Santa Cruz continua buscando o seu direito adquirido de participar da competição", disse em breve comunicado.

Além do Santa Cruz, o Paysandu, campeão da Copa Verde do ano passado, também reclama do fato de ter ficado fora da Sul-Americana. A competição teve seu formato alterado pela Conmebol, que determinou que as vagas devem ser indicadas a partir do campeonato nacional do ano anterior.

Assim, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) se viu impossibilitada de cumprir com o combinado. Santa Cruz e Paysandu, como campeões regionais, porém, terão como "consolo" o fato de que entrarão direto nas oitavas de final da Copa do Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.