Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Após sufoco contra o Grêmio, Corinthians terá três desfalques para quarta-feira

Equipe alvinegra vai enfrentar o Coritiba, fora de casa, sem poder contar com Marlon, Otero e Cantillo

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

23 de novembro de 2020 | 05h00

A partida complicada diante do Grêmio no último domingo, pelo Campeonato Brasileiro, vai obrigar o Corinthians a jogar bastante remendado na quarta-feira, contra o Coritiba, pelo Couto Pereira. As expulsões do zagueiro Marllon e do meia Otero e mais o terceiro cartão amarelo mostrado ao colombiano Cantillo deixam o técnico Vagner Mancini sem contar com esses jogadores para o compromisso na capital paranaense.

O empate sem gols diante da equipe gaúcha, na Neo Química Arena, vai forçar o time a encontrar substitutos para a partida de quarta. Ainda sem vencer no segundo turno do Brasileirão, pelo menos o Corinthians terá pela frente um adversário mais frágil. O Coritiba está na zona de rebaixamento, na 18ª colocação, e amarga três partidas seguidas sem vencer. Será uma boa chance para o clube alvinegro abrir vantagem para as quatro últimas posições.

O zagueiro Marllon foi expulso ainda no primeiro tempo do jogo com o Grêmio e deve dar lugar ao uruguaio Bruno Méndez, que entrou no decorrer da partida de domingo. No caso do venezuelano Otero, a possibilidade é Léo Natel ser acionado. Para o lugar do colombiano Cantillo, disputam a vaga Éderson e Camacho, que é o favorito. Ele, inclusive, também entrou em campo na partida deste domigno, já no segundo tempo.

O Corinthians vai começar a semana à espera dos possíveis retornos do meia Mateus Vital e do atacante Jô. Os dois testaram positivo para a covid-19 e aguardam uma nova rodada de testes para conferir se estão assintomáticos e podem voltar ao time. Pelo menos após o jogo com o Coritiba, a equipe terá uma semana livre para treinar e só terá compromisso de novo em 2 de dezembro, diante do Fortaleza.

A equipe ainda está perto da zona de rebaixamento, com apenas dois pontos a mais do que os times que abrem as quatro últimas posições. Porém, Mancini se diz confiante. "Não tenho dúvida de que daqui a pouco o Corinthians vai se afastar da zona de rebaixamento, desse núcleo. Acredito muito no Corinthians. Daqui a pouco vamos dar uma deslanchada", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.