Após suposto atrito, Del Piero lamenta saída de técnico

O veterano italiano Alessandro Del Piero divulgou um comunicado em seu site oficial, nesta terça-feira, para lamentar a saída do técnico Ian Crook do Sydney FC, clube em que atua desde agosto. De acordo com a imprensa australiana, o atacante teria sido fundamental para que Crook deixasse a equipe, mas ele fez questão de desmentir as especulações.

AE, Agência Estado

13 de novembro de 2012 | 10h28

"Eu sinto muito pela saída do nosso técnico Ian Crook. Nos poucos meses em que eu estou aqui em Sydney até agora, apreciei a qualidade do técnico e do ser humano. Foi uma escolha pessoal dele e precisa ser respeitada. Só posso desejar o melhor para ele no futuro", declarou.

Apesar das declarações de Del Piero, o próprio Ian Crook admitiu que a pressão sobre ele aumentou muito com a chegada do italiano. O treinador deixou o cargo depois da derrota por 3 a 2 para o Melbourne Victory no sábado. Antes, o Sydney havia sido atropelado pelo Central Coast Mariners, por 7 a 2. A equipe é apenas a oitava colocada no Campeonato Australiano, que conta com 10 clubes.

"Como um time, claro que estamos passando por um período difícil, mas eu sei que o grande sucesso também depende da capacidade de aprender como reagir e superar as situações complicadas, quando tudo parece dar errado", apontou Del Piero.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSydney FCDel Piero

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.