Após surto de hepatite, Inter perde atleta por cálculo renal

Meia Andrezinho é operado com urgência nesta quinta-feira e fica fora do time pelo menos 40 dias

Redação,

03 de abril de 2008 | 18h36

A fase no Internacional não anda mesmo boa. Após o surto de hepatite, que vitimou cinco jogadores, o clube gaúcho enfrentou outro problema médico no elenco. O meia Andrezinho foi operado com urgência nesta quinta-feira, em Porto Alegre, por causa de um cálculo renal.  De acordo com o médico do Inter, Luiz Crescente, Andrezinho vai ficar pelo menos duas semanas sem poder treinar. No caso da hepatite, da qual cinco jogadores do clube foram vítimas - Renan, Muriel, Edinho, Maycon e Ramon -, o prazo de recuperação é um pouco mais longo: no mínimo 40 dias. Com tantos desfalques, o técnico Abel Braga tenta preparar o time do Inter para o jogo de volta das quartas-de-final do Campeonato Gaúcho, contra a Ulbra, sábado, em Porto Alegre - na primeira partida, mesmo fora de casa, o Internacional ganhou por 4 a 1. A provável escalação tem Clemer; Sidnei, Orozco e Marcão; Bustos, Wellington Monteiro, Magrão, Alex e Guiñazu; Iarley e Fernandão.

Tudo o que sabemos sobre:
Internacional-RS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.