Denis Charlet/AFP
Denis Charlet/AFP

Após suspender Marcelo Bielsa, Lille será comandado por um quarteto

Equipe visita o Montpellier neste sábado, pelo Campeonato Francês

Estadão Conteúdo

24 Novembro 2017 | 21h02

O Lille anunciou nesta sexta-feira uma medida inovadora. Depois de surpreender ao suspender "por tempo indeterminado" o técnico argentino Marcelo Bielsa, o clube informou que será comandado a partir de agora por quatro treinadores no Campeonato Francês.

+ Em péssima fase, Lille anuncia 'suspensão' do técnico Marcelo Bielsa

Em comunicado oficial, o Lille revelou que uma comissão será responsável por comandar o time. Participará dela o auxiliar Fernando Da Cruz, além de João Sacramento, Benoit Delaval e Franck Mantaux. Eles serão responsáveis por tentar encerrar a péssima sequência da equipe.

Após a derrota por 3 a 0 para o Amiens na segunda-feira, o Lille anunciou que "decidiu suspender temporariamente o Sr. Marcelo Bielsa de suas funções como técnico, no contexto de um procedimento iniciado pelo clube".

De acordo com a imprensa francesa, o clube optou pela suspensão do argentino, e não sua demissão, por conta da alta multa rescisória de Bielsa. Segundo o jornal L'Equipe, ela poderia chegar até a 16 milhões de euros (R$ 61,3 milhões).

Mesmo com o dinheiro gasto na última janela para transferências, incluindo nos brasileiros Thiago Maia, Thiago Mendes e Luiz Araújo, o Lille perdeu sete das 13 partidas disputadas no Campeonato Francês, venceu somente três e é o penúltimo colocado na tabela, com 12 pontos. Neste sábado, já comandado pelo quarteto, o time visita o Montpellier.

Mais conteúdo sobre:
Campeonato Francês de Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.